Brasil marcará presença em festival de vinhos na Times Square   
05/03/2018


Quatro vinícolas do projeto setorial Wines of Brasil participarão do NYC Winter Wine Festival, considerado um dos maiores festivais de vinho do mundo

Buscando conquistar novos consumidores em um mercado em ascensão, o projeto setorial Wines of Brasil, desenvolvido pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) em conjunto com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), participa pela primeira vez do NYC Winter Wine Festival, no dia 10 de março (sábado), na The PlayStation Theater, em plena Times Square, em Nova York, nos Estados Unidos. O evento é considerado um dos maiores festivais de vinhos do mundo.

“Esse tipo de evento dá suporte promocional aos importadores e distribuidores das vinícolas brasileiras no país, ajudando-os a promoverem e elevar as vendas dos produtos nacionais diretamente ao consumidor final”, resume o gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini. Além do Brasil, participam do festival empresas de outros países do Novo Mundo e da Europa.

As vinícolas brasileiras Casa Perini, Cave Geisse, Miolo e Salton estarão com 20 rótulos para degustação do público. É estimada a participação de duas mil pessoas, divididas em duas sessões, das 14h às 18h e das 19h às 23h. Os ingressos custam de $59 a $199 e podem ser adquiridos no site newyorkwineevents.com.

Um dos principais mercados-alvos das exportações vinícolas brasileiras e segundo destino com maior volume de comercialização de vinhos e espumantes verde-amarelos, com 155,3 mil litros vendidos em 2017, os Estados Unidos vem registrando, ano após ano, aumento no consumo de produtos vinícolas, abocanhando 13% da produção mundial. Segundo dados da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), o país lidera o ranking de maior consumidor dos cinco continentes – posição que ocupa desde 2011 –, com 3,18 bilhões de litros por ano, além de ocupar a primeira colocação como maior importador em valor e a terceira em volume.

“Boa parte da população americana faz parte da geração millenial, ou seja, são jovens socialmente ativos, que estão sempre em busca de novidades. Esse público é o que possui maior poder de compra neste mercado. E isso contribui, também, para que os Estados Unidos seja um importante player para as exportações brasileiras. O país é nosso segundo principal mercado de espumantes, categoria que apresentou maior rentabilidade em 2017, além da garrafa exportada para lá ter um dos melhores valores, em torno de US$ 10”, conclui o gerente de Promoção do Ibravin.

Sobre o Wines of Brasil
Criado em 2002, o Wines of Brasil é uma iniciativa de promoção comercial dos vinhos e espumantes brasileiros no mercado externo, desenvolvido entre o Ibravin e a Apex-Brasil. O projeto conta atualmente com a participação de 42 vinícolas e têm como mercados-alvo os Estados Unidos, Reino Unido e China. Nos últimos anos, cerca de 95% das empresas que aderiram a iniciativa conseguiram dar continuidade em suas exportações, devido ao suporte e aos programas de capacitação oferecidos e o trabalho setorial de consolidação da imagem dos rótulos nacionais no Exterior. Mais informações podem ser obtidas nos sites www.winesofbrasil.com e www.ibravin.org.br.
FOTO
Legenda:
Estados Unidos é o segundo principal mercado, em volume, dos vinhos e espumantes brasileiros. País lidera o ranking de maior consumidor mundial.
Crédito: Tatiana Cavagnolli

Veja também:

Vinhos brasileiros na Vinexpo
Da lava ao copo
Uma taça de vinho em plena avenida

Deixe um comentário